top of page
  • Foto do escritorBragaHabit

Município de Braga reforça orçamento para os programas de apoio à habitação

A Câmara Municipal de Braga vai reforçar a dotação orçamental para os programas de habitação.



Em Braga, os apoios ao arrendamento e empréstimos já beneficiam 1.090 famílias. O que representa um investimento na ordem dos 1,2 milhões de euros por parte do Município de Braga. Contudo, o Executivo Municipal decidiu reforçar a verba destinada a estes apoios em mais 200 mil euros. Assim, para 2023 totalizam-se 1, 4 milhões de euros. No mesmo período de 2022, a verba executada era de 693 mil euros.


Estes números evidenciam o esforço administrativo e financeiro quer pela BragaHabit e quer pelo Município de Braga. Advêm no sentido de dar resposta às dificuldades acrescidas que os agregados familiares enfrentam no acesso à habitação.


A medida que será submetida à apreciação da Assembleia Municipal, enquadra-se numa estratégia global de apoios transversais que têm como objetivo a assegurar melhores condições de habitabilidade à população do Concelho.


Regime de Apoio Direto ao Arrendamento (RADA)


No final do 1.º semestre de 2023, este apoio beneficiava 972 famílias. Em comparação com o mesmo período de 2022, representa um aumento de 35%.O valor médio dos apoios concedidos também aumentou. Fixam-se agora nos 135,15€, quando em 2022 se fixava nos 78,38€. No presente ano, os subsídios atribuídos variam entre o valor mínimo de 43,45€ e o valor máximo de 246€.


Regime de Apoio Direto ao Empréstimo (RADE)


Em vigor desde Abril de 2023, registaram-se, até ao final do 1.º semestre, 319 candidaturas. O apoio já foi atribuído a 118 famílias, sendo que o valor médio dos subsídios atribuídos se fixa nos 110,95 €. Estas ajudas variam entre o valor mínimo de 51,81€ e o valor máximo de 197,07€.

19 visualizações

Comentarios


bottom of page