top of page
  • Foto do escritorBragaHabit

Human Power Hub: nova temporada arranca com forte ligação à sociedade

Com o envolvimento de novos programas, parceiros e mentores, a cerimónia decorreu ontem, no SETRA.



A cerimónia, que contou com a presença do vereador João Rodrigues e do administrador executivo da BragaHabit, Carlos Videira, ficou ainda marcada pela apresentação de novas plataformas digitais do HP. Estas pretendem facilitar a interação entre:

  • as diversas iniciativas de inovação social;

  • as organizações que integram o programa;

  • a sociedade civil.

É nesse sentido que surge o Human Power Market. Segundo Carlos Videira,


Vem gilizar a articulação entre todos actores envolvidos na promoção e utilização de soluções inovadoras para dar resposta aos desafios sociais. Esta plataforma fornece um espaço digital de promoção de serviços e produtos, mas também de captação de parcerias e recursos.

Outra das iniciativas é o Human Power Match, um canal que


Vem estabelecer parcerias entre organizações sociais e empresas com o objetivo de otimizar recursos e aprofundar a colaboração entre estes vários atores tendo como base a promoção da responsabilidade social corporativa.

Foi ainda apresentado o Banco de Bens e Equipamentos da BragaHabit. Este tem como objetivo garantir a reutilização de bens, dando-lhes uma segunda vida. Potenciando assim a economia circular.



Na sessão foram ainda acolhidos novos parceiros, projetos inovadores, suportados por mentores empresariais ligados à Associação Empresarial de Braga. Salientando esta parceria, o vereador João Rodrigues destacou a adesão dos novos empreendedores.


O HPH tem na sua base a inovação e tem tudo a ganhar com uma parceria com uma instituição com a experiência de mais de 160 anos de atividade, como é o caso da Associação Empresarial de Braga, cujos membros e mentores têm provas dadas no apoio a novas empresas.

O vereador salientou também que tanto estes projetos de inovação social, como os projetos de inovação de startup, podem vir a ganhar muito com estas parcerias. Isto devido ao fruto do conhecimento e competências técnica dos mentores.



O programa de incubação do HPH tem por base a disponibilização de um espaço físico com vista à implementação das iniciativas empreendedoras. Proporciona também condições privilegiadas com acesso:

  • a uma comunidade de empreendedores sociais e organizações de impacto;

  • a entidades especializadas (consultoria, contabilidade, serviços jurídicos, entidades públicas, investidores e financiadores);

  • reuniões periódicas com vista ao acompanhamento dos projetos.


No que diz respeito aos projetos que passarão a integrar a comunidade de scalling, o HPH compromete-se a apoiar os mesmo com vista à sua sustentabilidade. Para isso, assegurará o acesso:

  • a uma comunidade internacional de empreendedores sociais e organizações de impacto;

  • entidades públicas;

  • investidores e financiadores.

Tudo isto no sentido de proporcionar o aumento da sustentabilidade das iniciativas empreendedoras.



1 visualização

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page