• BragaHabit

Human Power Hub em destaque na TSF

O Centro de Inovação Social de Braga foi apresentado na emissão de ontem, 7 de setembro, no programa “Portugal Justo”. Este que é o lema da 13ª edição do Prémio Manuel António da Mota (PMAM). Uma iniciativa da Fundação Manuel António da Mota em parceria com a TSF.


Um prémio que distingue as organizações que mais se destacam


A Fundação Manuel António da Mota institui anualmente o PMAM que distingue as organizações que se destaquem nos vários domínios de atividade.


Em 2022, na sua 13ª edição, o prémio tem o lema “Portugal Justo”. E distingue as instituições que se notabilizam na luta contra a pobreza e exclusão social, acolhimento e integração de migrantes e refugiados. E também na valorização do interior e coesão territorial, saúde, educação, emprego e apoio à família. E, ainda, nas áreas da inovação e empreendedorismo social, inclusão e transição digital e tecnológica e transição climática.


O Centro de Inovação Social de Braga, Human Power Hub (HPH), foi ontem apresentado neste programa.


O Human Power Hub em Braga


Recordamos que o Human Power Hub arrancou em 2015 e está integrado, desde final de 2021, na BragaHabit, Empresa Municipal de Braga.


O diretor Carlos Videira apresentou ao programa os traços gerais deste Centro de Inovação Social que procura dar resposta aos problemas sociais.


Começou, desde logo, por esclarecer que quem quiser trabalhar a ideia da economia social pode recorrer ao Human Power Hub para procurar apoio. Seja ela uma ideia na vertente cultural, de apoio à terceira idade, à infância ou até mesmo através do desporto, entre outras.


Este apoio visa, portanto, acompanhar os empreendedores sociais em diferentes fases, desde o desenvolvimento do projeto até à sua possível fase de incubação.


Aos projetos que passem à fase de incubação, o HPH cede instalações físicas e dá consultadoria a vários níveis, conforme explicou Carlos Videira. Para que depois estes projetos passem para uma fase de scaling “em que estão na sociedade a gerar valor, com criação de emprego e de uma forma sustentável” acrescentou, ainda. Essencialmente, para que os negócios possam ser autossuficientes e gerar impacto na comunidade, dando resposta aos problemas existentes.


Vários projetos já vingaram com o apoio do Human Power Hub


Carlos Videira apresentou ainda alguns exemplos de projetos que beneficiaram do apoio deste Centro de Inovação Social. Como a Sioslife que procura dar apoio à população mais idosa na gestão das tecnologias. Pode ver mais sobre este negócio aqui.


Concluiu, a destacar diversos outros projetos apoiados pelo HPB e muito ligados às questões da sustentabilidade ambiental. Desde soluções inovadoras ao nível da construção a soluções de combate à pobreza energética. Soluções sempre mais rápidas e mais ecológicas.


Pode ouvir a apresentação completa do projeto no programa da TSF aqui. E descobrir mais sobre o Human Power Hub aqui.

10 visualizações