top of page
  • Foto do escritorBragaHabit

Bairro das Andorinhas: requalificação traz maior dignidade e qualidade de vida aos moradores

A Comissão de Assuntos Económicos, Empresas Municipais e Turismo da Assembleia Municipal de Braga, visitou esta segunda-feira, 6 de Maio, as obras que em curso.



A intervenção no Bairro das Andorinhas está a ser realizada ao abrigo do Programa 1.º Direito e da Estratégia Local de Habitação de Braga. Num investimento de cerca de 6 milhões de euros, suportado por fundos do PRR, estima-se que o bairro esteja completamente renovado até 2026.


Durante a visita, João Rodrigues, vereador com a tutela da Habitação e presidente do Conselho de Administração da Bragahabit, ressalvou o impacto das intervenções na dignidade e qualidade de vida dos moradores.


Estamos a falar de obras de interior e exterior que vão garantir casas muito mais confortáveis e eficientes. Pela importância das intervenções, é importante que a Assembleia Municipal esteja a par do avançar do decorrer dos trabalhos.

A operação de reabilitação do Bairro das Andorinhas tem concluídas intervenções nos:

  • Blocos 10 e 11;

  • Blocos 15 e 16;

  • Blocos 5, 6 e 7 (Partes Comuns);

  • Blocos 8 e 9 (Partes Comuns).


As únicas empreitadas por consignar são relativas aos Blocos 20, 21 e 22 (Partes Comuns) e Blocos 26 e 27, apesar de os respetivos concursos públicos já terem sido adjudicados.


Segundo Carlos Videira, administrador executivo da Bragahabit, o concurso público da empreitada dos Blocos 31, 32 e 33 (Partes Comuns) será lançado nos próximos dias.


A BragaHabit já submeteu 81 candidaturas de proprietários privados do Bairro das Andorinhas, através da figura de Beneficiário Direto, algo permitirá o seu acesso ao financiamento proveniente do 1.º Direito e a realização da correspondente reabilitação das frações habitacionais privadas.

Já para João Nogueira, da Comissão de Assuntos Económicos, Empresas Municipais e Turismo da Assembleia Municipal de Braga, a visita permitiu conhecer o projeto de reabilitação em curso.


Esta comissão tem como missão acompanhar e fiscalizar as competências da Câmara Municipal em matéria de habitação.

João Nogueira ressalvou ainda o esforço realizado pela Bragahabit no sentido de trazer e executar as políticas de habitação traçadas pelo Poder Central.


A visita às obras de requalificação contou também com representantes da Associação de Moradores do bairro.


De recordar que o 1.º Direito - Programa de Apoio ao Acesso à Habitação visa apoiar a promoção de soluções habitacionais para pessoas que vivem em condições habitacionais indignas e que não dispõem de capacidade financeira para suportar o custo do acesso a uma habitação adequada.



Comments


bottom of page