top of page
  • Foto do escritorBragaHabit

Requalificação do Bairro das Andorinhas arranca na 1ª semana Fevereiro

As obras de requalificação dos fogos públicos do bairro social das Andorinhas, em Braga, vão ter início ao abrigo do programa 1.º Direito e serão integralmente financiadas pelo PRR (Plano de Recuperação e Resiliência). Estas obras terão um investimento de aproximadamente 6 milhões de euros.




Arrancam no início da próxima semana as obras no Bairro das Andorinhas, em Braga. No âmbito do programa 1.º Direito, a BragaHabit assegurou um financiamento na ordem dos sete milhões de euros para a reabilitação de 146 fogos no Bairro das Andorinhas e na Praceta Padre Sena de Freitas.


O bairro vai ser alvo de uma requalificação total


A requalificação dos fogos do Bairro das Andorinhas da BragaHabit está já a ser posta em concurso público, tendo hoje sido publicado, em Diário da República, o anúncio referente aos blocos 15 e 16, uma empreitada que custará 240 mil euros e tem 100 dias como prazo de conclusão.

O administrador da BragaHabit disse que as obras irão a concurso por blocos, adiantando que as primeiras intervenções começarão muito em breve, possivelmente já na próxima semana.


Para já, serão intervencionados, neste bairro social, dois blocos, num investimento a rondar os 650 mil euros.

Segundo Carlos Videira, administrador da Empresa Municipal de Habitação, explicou

Estão em condições de arrancar as obras nos blocos 10 e 11, num financiamento global de 650 mil euros. Neste caso, serão reabilitados 14 fogos de propriedade pública e o exterior das partes comuns.

Neste bairro, num total de 250 fogos, 150 são públicos e a reabilitação em marcha será integral, devendo estar concluída, esta primeira fase, no prazo de 100 dias.

Segue-se a requalificação dos blocos 23,24 e 25, que representam 18 fogos públicos e um financiamento de 823 mil euros.


Carlos Videira garantiu, ainda que

Serão intervencionados todos os blocos, estando em curso os processos de contratação nos blocos 15 e 16, 5,6 e 7. Para os blocos, 1,2,3 e 4 a BragaHabit vai ainda lançar o procedimento.

Carlos Videira apontou, também, para março o início da reabilitação dos 23 fogos na Praceta Padre Sena de Freitas, depois de ter sido aprovada a candidatura aprovada na ordem de um milhão de euros.

O concurso público decorrerá em fevereiro, esperamos em março adjudicar e iniciar a obra e concretizar ao longo de 2023 todos estes investimentos,

250 fogos para requalificar


O bairro, que tem cerca de 250 fogos, dos quais perto de 150 são propriedade da BragaHabit, pertencendo os restantes a privados. Pretende-se que todos sejam alvo de uma requalificação total, tanto interior como exterior


Assim, a BragaHabit aguarda a aprovação, por parte do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, da Estratégia Local de Habitação, para que os proprietários particulares possam também submeter as suas candidaturas. Desta forma, será possível intervir nas partes comuns dos prédios, onde, segundo Carlos Videira, reside grande parte das condições de insalubridade daquelas habitações:


O que se pretende é a reabilitação integral de todo o bairro, mesmo sendo de propriedade mista.

O investimento nas habitações particulares poderá atingir os três milhões de euros.


Saiba mais sobre o Programa 1º Direito, aqui.





Comentários


bottom of page