top of page
  • BragaHabit

Município de Braga alarga apoio ao empréstimo que já auxiliou 261 famílias

Câmara vai aprovar hoje prolongamento para o novo ano do Regime de Apoio Direto ao Empréstimo.


O Regime de Apoio Direto ao Empréstimo (RADE), em vigor desde Abril passado, permitiu, até ao momento, ajudar 261 famílias, das 461 candidaturas recebidas.

Na reunião de hoje, o Executivo vai aprovar este apoio para o ano de 2024, mantendo também o Regime de Apoio ao Direto ao Arrendamento (RADA). Assim, no próximo ano os dois programa poderão ser acumulados com outras medidas de âmbito nacional.


Exemplo do impacto deste programa, é Glória Antunes reformada por invalidez há quase 8 anos. Ontem recebeu, pela primeira vez, o subsídio para ajuda ao pagamento da prestação bancária:


Já tinha feito o pedido há algum tempo, agora chegou o dinheiro. Toda a ajuda é bem-vinda. Estes 120 euros, já me dão alguma folga.

Glória Antunes lamenta que tudo suba menos as pensões, desabafando ainda que


Já houve momentos em que recorri à Caritas por causa da alimentação, porque não tinha dinheiro para tudo.

Dados da Câmara de Braga revelam que no âmbito do RADE nos 261 apoios atribuídos:

  • o valor médio fixa-se nos 105,93€;

  • os subsídios variam entre 44,39€ e 210,00€.

Em 2024, o Regime de Apoio ao Direto ao Arrendamento (RADA) será mantido, tendo em 2023 chegado a 1124 famílias. Neste apoio verificam-se:

  • em 2023, um valor médio de 132,78€;

  • em 2022, um valor médio de 100,44€.


Ana Alberta Brandão, que beneficia do RADA há cerca de 3 anos, explica que aderiu pela primeira vez quando o senhorio subiu a renda.


Começou a ser complicado arranjar dinheiro para tudo. As coisas complicaram-se quando fiquei viúva, há praticamente três anos. Tenho uma reforma que não chega a 300 euros.

Ainda assim, a renda não para de aumentar pelo que


Vou pagar 270 euros e tenho um subsídio de 90 euros. É uma boa ajuda, mas espero que no próximo ano possam reforçar o apoio.

Ao Jornal de Notícia, Ricardo Rio, Presidente da Câmara de Braga, ressalvou que, em 2024, para estes dois Programas serão disponibilizados 1,5 milhões de euros. O que reflete um aumento de 100 mil euros, em relação a este ano, onde foram apoiadas 1385 famílias.


Ricardo Rio destaca ainda que,


Uma das grandes novidades é que ambos poderão ser acumulados com os programas do Governo, algo que não acontecia.
8 visualizações
bottom of page