top of page
  • Foto do escritorBragaHabit

Festival do Ilusionismo regressa a Real

A 2ª Edição do Festival do Ilusionismo, que estará presente em três locais, decorre entre 31 de Maio e 1 de Junho.



A apresentação do certame, promovido pela Associação de Moradores de Montélios e S. Frutuoso, decorreu ontem, ao final da tarde, na Casa Paroquial de Real. Na mesma marcaram presença:

  • Francisco Silva, presidente da UF Real, Dume e Semelhe;

  • Adolfo Reis, presidente da Associação de Moradores de Montélios e S. Frutuoso;

  • Carlos Videira, administrador executivo da BragaHabit.


Inserida no programa Viva o Bairro, a 1ª edição trouxe a Real um vice-campeão mundial de magia. Por isso, este ano e para elevar a fasquia, a organização decidiu trazer, a Real, ‘Pilou’, atual campeão do mundo de magia.

No total, serão dez os mágicos a marcar presença no certame:

  • ‘Pilou’;

  • ‘Deja Nuñez’,

  • ‘Arkadio’,

  • ‘Óscar Escalante’

  • ‘Txema’

  • ‘Manuel Barata’

  • ‘Solange Cardinale’.


Francisco Silva, presidente da UF Real, Dume e Semelhe, elogiou o certame


Este festival foi uma mais-valia para a União de Freguesias, mas também para o concelho. Há aqui uma capacidade para envolver ainda mais gente e confirmar o êxito do ano passado.

Por sua vez, Adolfo Reis, presidente da Associação de Moradores de Montélios e S. Frutuoso, apontou


Com estimativas, eu prefiro ser pessimista. No ano passado, tivemos quase duas mil pessoas. Fico contente se repetirmos esses números. Porém, é importante salientar que, este ano, em vez de estarmos num só local, iremos estar em três locais: no largo da igreja, na Quinta Pedagógica e no Parque Norte. Queremos ser capazes de levar a magia às pessoas de Real.

Já Carlos Videira, administrador executivo da BragaHabit, ressalvou que


Esta é uma iniciativa que decorre apenas durante um fim de semana, mas cujo efeito se repercute ao longo do ano. Após a realização do 1º Festival, a Associação de Moradores de Montélios e São Frutuoso passou de 390 para 945 associados, verificou-se uma maior participação dos corpos associativos e dirigentes, a Associação foi reconhecida pelos seus moradores e pelas forças vivas da cidade, a vida em comunidade melhorou e os laços de vizinhança foram reforçados. É este o nosso principal objetivo do Programa Viva o Bairro, dando às Associações de Moradores o poder de decidir e dinamizar os projetos que mais se adequam à sua realidade.


Comentários


bottom of page