top of page
  • Foto do escritorBragaHabit

BragaHabit: alargamento das respostas sociais aos municípios da CIM Cávado

A BragaHabit quer expandir as suas respostas sociais aos municípios da CIM Cávado. Neste momento, aguarda a aprovação da candidatura ao Norte 2030.



festival-inovacao-social-expo-social-braga-bragahabit-2024



Carlos Videira, administrador da empresa municipal, adianta que o objetivo é abrir os quatro programas de aceleração aos municípios vizinhos.


Um dirigido às organizações sociais; outro aos empreendedores sociais, um na vertente digital e o programa de inovação social com o foco na intervenção junto da comunidade cigana.

De acordo com Carlos Videira, este trabalho em rede permitirá que:


As organizações e empreendedores não estejam exclusivamente sediados em Braga, mas em todos os municípios que fazem parte da CIM Cávado.

A empresa municipal prepara-se para apresentar, no início de cada ano, nos territórios mais próximos a programação e as várias iniciativas ao nível da capacitação e formação. Além disso, o administrador aponta como meta promover:


A aceleração de 30 projetos de inovação social por ano, com o objetivo que 80% destes projetos venham a incubar física ou virtualmente no Human Power Hub, e a realização de 15 sessões de capacitação anuais.

Para Carlos Videira, este trabalho em rede pode ser interessante para os municípios abrangidos.


Que passam a ter um instrumento para dinamizar a inovação social nos territórios, mas para as próprias organizações do concelho de Braga que passam a ter um âmbito abrangente para o desenvolvimento da sua atividade, bem como a partilha de experiência e de projetos, que podem escalar aquilo que é a sua intervenção.

Depois de aprovada a candidatura ao Norte 2030, a BragaHabit terá 36 meses para implementar o projeto, que pretende expandir as respostas sociais de Braga aos municípios da CIM Cávado.

10 visualizações

コメント


コメント機能がオフになっています。
bottom of page